O lado ruim da F1: seja bem-vindo, Kvyat

Não queria ter sido profeta, mas estava muito na cara. A atitude da Red Bull mostra como o esporte é uma empresa que precisa gerar lucro (e, também, neste caso, resultado). Um ponto triste da temporada 2016. Que mostra que na F1 só quem ganha tem respeito e que existe um lado negro nela que…