Canadá, 1990: só alegria, da capa do programa oficial ao resultado final

Numa rápida passada de olho, você nem dá muita bola para o GP do Canadá de 1990, tirando o fato de que ele aconteceu sob chuva e teve um monte de acidentes.

Mas uma rápida olhada faz com que essa corrida de 27 anos de idade ganhe uma importância enorme para a história do automobilismo brasileiro na F1 por alguns motivos.

podio

O primeiro deles é a última dobradinha entre Ayrton Senna e Nelson Piquet na história ocupando as duas primeiras posições do pódio. Os dois voltariam a dividir pódio novamente algumas vezes depois, mas em segundo e terceiro ou primeiro e terceiro.

moreno

O segundo deles é o fato de que todas as sessões que valiam foram dominadas pelos brasileiros. Na pré-classificação, Roberto Moreno, ainda na Eurobrun, foi o melhor. Na primeira classificação, Ayrton Senna marcou o tempo que seria a pole do fim de semana, com Nelson Piquet terminando na frente a segunda.

816

Na corrida, Senna deixou de liderar apenas três voltas durante sua janela de pit stops, com Piquet saíndo de quinto, chegando a andar em oitavo, e construindo seu caminho no fórceps em uma bela corrida para chegar em segundo, a dez segundos de Senna e com Mansell colado na sua caixa de câmbio. Era o primeiro pódio da Benetton desde a última etapa de 1988.

6086283267_a388d954c7_b

Apenas duas sessões não tiveram liderança de brasileiros: o TL2, com Mansell na frente, e o warm up, onde o melhor foi Gerhard Berger. Em contrapartida, Senna liderou também o TL1. Se teve um ponto negativo para a turminha daqui foi a não classificação de Maurício Gugelmin.

O que contribuiu para deixar a corrida ainda mais interessante:

jean-alesi-in-canada

– O chove-seca que deixou a pista ensaboada e bem escorregadia.
– A largada de Gerhard Berger, mais queimada que carvão usado, o que lhe custou aquela que seria sua grande vitória com a McLaren.
– O vexame de Boutsen, vencedor de 1989, rodando sozinho em uma tentativa de ultrapassagem e tirando a Ligier de Nicola Larini que não tinha nada a ver.
– Alesi rodando e batendo na Benetton parada de Nannini, rachando o monocoque do carro do italiano no meio. Assustou todo mundo pela fragilidade do carro.

Quer ver a corrida que rendeu o troféu abaixo?

trofeu

Se você não tiver muito tempo, pode ver esse resumo oficial da etapa retirado do documentário da temporada:

Se você tem tempo, você pode reviver praticamente todo o fim de semana, pois encontramos quase tudo:

Pré-classificação:

Primeira classificação:

Segunda classificação:

Corrida, parte 1:

Corrida, parte 2: