Grandes mistérios do automobilismo: cadê o capacete?

No último fim de semana teve Fórmula Truck em São Paulo. É a Mônaco dos caminhões e completamente justificável: principal cidade do País, palco de todos os patrocinadores, no melhor autódromo do Brasil e com a maior média de público do ano.

Neste ano, mesmo com o circuito em obras, foi um fim de semana bacana, com corridas regionais como preliminares e um bom público nas arquibancadas. A prova em si teve vitória do grande Paulo Salustiano, um dos poucos a ganhar corridas de caminhões e de Stock Car.

Isso me fez reviver uma situação que aconteceu há 13 anos naquela mesma pista; uma cena marcante que foi primeira página de muitos jornais – inclusive o finado Jornal da Tarde fez um pôster colorido na última página de seu caderno de esportes.

O incêndio no caminhão de Mad Macarrão.

Reveja a situação com depoimento do próprio piloto em um clipe fornecido pelo campeonato:

Só uma pergunta que não quer calar.

E o capacete?

13 anos atrás, ninguém falou nisso. Na transmissão ao vivo, Téo José questionou. Mas, depois, parou de falar. Segundo o piloto, estava pegando fogo por dentro do casco, por isso ele tirou.

E aí que eu fiquei intrigado. 13 anos depois. Na hora nem havia me ligado nisso – só ficava pensando que, se ele tivesse no caminhão na hora do impacto, ele teria morrido, pois o bicho virou uma bola de fogo quando parou e isso me impressionou demais.

Claro que é algo surreal, mas nunca se falou nisso. Nem os restos do capacete – que deveriam estar dentro do caminhão comido pelo fogo – apareceram. E tirar ele num incêndio seria a última coisa que alguém pensaria. A não ser que você fosse o Macarrão.

Macarrão_2003

Para se colocar um capacete, é preciso as duas mãos para amarrar ele embaixo do queixo. Para tirar, também, mas antes você precisa tirar as luvas, senão vai demorar o dobro.

Como ele, querendo controlar um caminhão em chamas a mais de 100 km/h, se preocupou em desamarrar o capacete, tirar e arrancar a balaclava antes bater no cinto, abrir a porta e pular? Tudo isso em menos de um minuto. E de luvas!

Um piloto normal leva em torno de 20 segundos para tirar as luvas, desamarrar, tirar o capacete e puxar a balaclava.

Até pra pular do maldito caminhão, se você estiver de capacete, seria menos arriscado.

Que o Macarrão era xarope isso todo mundo sabia. Mas aí ele foi doido demais.

Não importa a entrevista, ele fala de tudo e menos do capacete.

E aí?

Cadê o capacete?

mad_macarrao

PS: olhando essa foto acima acho que dá para entender. Esse capacete da foto provavelmente foi o finado. E tem toda a cara de ser aqueles bem baratinhos, com a presilha sendo aquelas de plástico. Deve ter derretido mesmo!