O outro lado da vitória de Senna no Brasil em 1991

f1-gp-brasil-1991

Se por um lado a vitória é fantástica e só lembram do lado bom, por outro lado o amigo pesquisador Eduardo Cardim me mandou essas reportagens do acervo da Folha de S.Paulo, que tinha na época uma equipe liderada por Flavio Gomes e não foram em nada dóceis com a cobertura da corrida.

Obviamente esta reportagem de época não representa a minha visão, pois na época não tinha senso crítico, mas foi bem interessante rever a transmissão da Globo depois de ler as críticas abaixo.

12565439_1113153578726066_5619266577380435514_n

PS: eu amo (meigay isso) as transmissões antigas da Globo, principalmente as do GP do Brasil, onde eles faziam um pré-corrida sensacional, algo que a Sky Sports faz com maestria hoje em dia.

E vamos concordar que 1991 não se assemelha a 2015 no quesito tecnologia da comunicação. Mas é uma crítica válida e interessante que mexe com algo que enxergamos de forma muito sentimental.

Abaixo segue outra reportagem da época.

1531551_1113153752059382_2041073775890402315_n.jpg

Falando nisso, uma pessoa mestre em desconstruir memórias sentimentais referentes a transmissões de TV é o jornalista Mauro Cezar Pereira, da ESPN.

Quando ele ministrou aulas para minha turma na pós-graduação em Marketing Esportivo ele praticamente desconstruiu a semifinal entre Brasil e Holanda na Copa de 1998.

Foi demais rever sob o ponto de vista crítico, mas arrasador ao mesmo tempo.

Ah, se quiser rever a transmissão completa da TV Globo, ela está abaixo:

Para completar, a vida de torcedor não era nada fácil…

CeVFMVpWEAEs4vl.jpg

Quer ler todo o caderno de esportes da Folha daquele dia? São mais de quatro páginas só de F1! Ô tempo bom. Clique aqui!